sobre-bg
Imagina ser cheff sem sair de casa!

As pessoas estão cada vez mais envolvidas com o mundo da culinária: aumentando a audiência de programas de televisão sobre gastronomia, aprendendo receitas em diversos canais do Youtube e participando de cursos para ser chef profissional, amador ou simplesmente para cozinhar às suas famílias e amigos. Queremos ser uma plataforma de apoio ao talento e inspiração dessas pessoas e pensamos: Qual a melhor forma de praticar o ato de cozinhar sem sair de casa e ainda ganhar uma renda extra?

sobre-1
sobre-2
Imagina uma comida de qualidade com preço justo todos os dias!

Hoje em dia, tanto famílias quanto indivíduos não têm tempo para cozinhar e, muitas vezes, optam por pedir um fast food ou refeições congeladas, deixando a boa comida “caseira” para os finais de semana ou, em alguns casos, só na casa da avó. Adoraríamos aumentar a qualidade de vida dessas pessoas tendo acesso às refeições de todos os estilos, a um preço justo e feitas por pessoas que cozinham com amor, personalidade e responsabilidade.

Conectando pessoas e criando comunidades!

A tecnologia, muitas vezes, nos desconecta do nosso meio-ambiente, dos alimentos e das pessoas que estão ao nosso redor: nossos vizinhos! Não somos iguais mas dividimos hábitos em comum: comer, cozinhar e nos relacionar. Acreditamos que a arte e a cultura da culinária é a melhor maneira de valorizar as nossas comunidades, por meio de sua criatividade e da geração de uma renda extra a través da economia compartilhada.

Sobre os fundadores

A comida feita em casa tem o poder de criar novas experiências, conectando todos entre si e ao planeta! House Cheffs foi co-fundado pelo espanhol Ivan Alos, filho de cozinheiro francês, que cresceu com a gastronomia sendo parte principal da família, e pela brasileira Ana Paula Brasil, filha de produtor agrícola, que passou parte de sua vida vendo como os alimentos eram produzidos naturalmente.

Devido a esse legado familiar, ao amor pela culinária e após suas experiências de vida na Califórnia, Barcelona, Buenos Aires e Rio de Janeiro, resolveram criar uma startup que conectasse pessoas por meio dos alimentos de uma forma mais autêntica e humana.